Mutti

Após a morte da mãe,
passados meses do seu enterro,
eu vislumbrei, ao despertar,
seu vulto à minha cabeceira.

– Mortos não morrem, soprou-me ela.
Sem perceberem, vocês nos carregam
até que possamos renascer.

Hoje eu pari minha mãe inteira.
Então fui preparar nosso café.

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s