Não me leve a mal

Não me leve a mal
Falei de coração quente
Meti os pés pela boca
Falei o oposto
do que sinto e penso
quando penso em você

Não me leve a mal
mas aquele que ama
(e me perdoe o Quintana)
prefere o afago leal
do seu cavalo, ao casual
beijo de uma borboleta

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s